notícias & releases

Cesta básica tem alta de 8,36%

Em 2018 a maior variação foi na cebola com 41,51%

Publicado em 16 de janeiro de 2019
Pesquisa da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, constatou que o valor da cesta básica paulistana do ano de 2018 apresentou alta de 8,36%. O levantamento, feito em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), revela que o preço médio passou de R$ 651,58 em 26/12/2017 para R$ 706,03 em 26/12/2018. O menor valor registrado durante o ano foi em março, com R$648,15.
 
Todos os grupos apresentaram alta. As variações acumuladas foram de 6,79% para o grupo Limpeza, de 8,09% para o grupo Alimentação e de 12,05% para o grupo Higiene.
 
Entre as cinco maiores variações, quatro foram verificadas no grupo Alimentação: cebola, 41,51%; farinha de trigo, 35,14%; biscoito água e sal, 27,44% e biscoito maisena, 22,22%; apenas o papel higiênico, 25,96% faz parte do grupo Higiene.
 
Embora alguns produtos apresentem variações acentuadas, quer sejam positivas ou negativas, nem sempre repercutem da mesma forma no valor da Cesta Básica, pois a eles estão associadas às quantidades e os pesos que representam em sua composição. Veja aqui análise completa da cesta básica de 2018.
 
Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui