notícias & releases

<?php the_title( '

', '

' ); ?>

Nova forma de cobrança entrará em vigo no ano que vem

Publicado em
A partir de janeiro de 2018 o consumidor poderá solicitar a adesão à tarifa branca cujo valor varia conforme o dia e o horário do consumo. A princípio, numa primeira etapa, terão prioridade novas ligações para unidades consumidoras com média anual de consumo mensal superior a 500 kW/h. 
 
Nos dias úteis, o valor Tarifa Branca varia em três horários: ponta (horários de pico), intermediário e fora de ponta. Na ponta e no intermediário, a energia é mais cara. Fora de ponta, é mais barata. Nos feriados nacionais e nos fins de semana, o valor é sempre fora de ponta. 
 
A convite da Diretoria de Programas Especiais (DPE), estiveram na sede da Fundação Procon-SP: Carlos Brandão, da Arsesp – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo – e Roberto Barbieri, da Abinee – Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica.          
 
A palestra, prevista para esclarecer as dúvidas dos especialistas, não mudou o posicionamento da Fundação que vê com reservas a novidade. A preocupação inicial é com a oferta do serviço. O consumidor, hoje, não tem como saber o próprio padrão de consumo de energia por horário e período. Para fazer uma escolha consciente ele precisaria ter acesso a essas informações e, provavelmente, mudar hábitos para obter o benefício prometido.