notícias & releases

Reunião sobre roubo de celulares e dispositivo de segurança dos smartphones

Instituição quer discutir com as empresas sobre diagnóstico, prevenção e solução do problema

Publicado em 22 de junho de 2021

O Procon-SP convocou as operadoras Claro, TIM e Vivo, as fabricantes Apple, Motorola e Samsung, a representante dos bancos Febraban, além do Facebook, Instagram, Whatsapp e Google para tratar sobre os mecanismos de segurança disponibilizados ao consumidor em caso de roubo de smartphones. Criminosos têm furtado ou roubado celulares e conseguido acessar aplicativos bancários para fazer transferências ou empréstimos em nome da vítima.

 

Na reunião, que será amanhã (23/6), às 10h, de forma remota, a instituição de defesa do consumidor quer discutir sobre os principais problemas que estão ocorrendo para, junto com as empresas, construir propostas de solução.

 

“O Procon-SP quer saber qual o grau de confiabilidade dos sistemas de segurança e proteção das operadoras, plataformas e bancos, já que muitas fraudes estão sendo praticadas”, afirma Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP. “Além disso, é essencial que essas empresas ofereçam um acesso eficaz para que aquela pessoa que teve seu celular furtado ou roubado seja atendida de imediato”, conclui.

 

Notificações às empresas

 

Neste mês, esses mesmos fabricantes de smartphones foram notificados pelo Procon-SP para explicarem sobre os dispositivos de segurança dos aparelhos para desbloqueio e acesso às informações. Também foram notificadas a Febraban, a Associação Brasileira de Bancos (ABBC), a Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs) e as instituições Banco BMG, Banco Bradesco, Banco do Brasil, Banco C6, Banco Inter, Banco Pan, Banco Santander Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco, Neon Pagamentos e NU Pagamentos para esclarecerem sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo.

 

Orientações ao consumidor

 

Para quem teve o aparelho de celular roubado ou furtado, o Procon-SP recomenda registrar um boletim de ocorrência, entrar em contato com o seu banco para bloqueio da conta, com sua operadora de telefonia de celular para que sejam bloqueados chip e o Imei (Identidade Internacional de Equipamento Móvel) e com a plataforma.

 

“Caso o consumidor seja vítima de furto ou roubo de seu aparelho de celular deve entrar imediatamente em contato com o banco para bloquear suas senhas, contas, aplicações etc. Em seguida, deve entrar em contato com a sua operadora e, depois disso, entrar em contato com a plataforma, para que sejam apagados todos os dados disponíveis daquele aparelho de celular para impedir que o criminoso não pesquise esses dados”, explica Capez.

 

Procon-SP

Assessoria de comunicação

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui