notícias & releases

Procon-SP, Polícia Civil e Mercado Livre anunciam colaboração

Empresa responderá notificações enviadas pelo órgão de defesa ao consumidor e pela Polícia Civil com maior agilidade

Publicado em 20 de agosto de 2021

Em reunião realizada nesta quinta-feira (19/8) com o Mercado Livre para que explicasse sobre a oferta de produtos ilícitos ao público consumidor, a empresa comprometeu-se a colaborar com o Procon-SP e com a Polícia Civil no fornecimento de informações sobre transações irregulares feitas por meio do site.

No encontro que aconteceu na Delegacia Geral de Polícia com a presença do diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez, do delegado geral de Polícia, Ruy Fontes, e representantes do Mercado Livre, ficou acertado que nas próximas semanas será firmado um Termo de Cooperação para que não sejam necessárias ordens judiciais para que a plataforma de e-commerce retire do ar anúncios de produtos ilícitos, como medicamentos abortivos ou itens de origem ilegal.

Segundo o diretor executivo do Procon-SP, “Criminosos se utilizam destas plataformas de marketplace para vender itens roubados e medicamentos não permitidos no país. Com a assinatura desse Termo o Mercado Livre está assumindo uma postura de credibilidade diante das autoridades”. Além disso, completa Capez, “esse acordo abre precedentes para que o Procon-SP faça a mesma proposta para outros marketplaces, acelerando as investigações policiais”.

Procon-SP

Assessoria de Comunicação

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui