notícias & releases

Procon-SP notifica Kalunga

Consumidor relatou ter sido discriminado na loja do Mauá Plaza Shopping

Publicado em 24 de maio de 2019
A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, notificou a empresa Kalunga Comércio e Indústria Gráfica pedindo esclarecimentos sobre conduta discriminatória ocorrida na loja do Mauá Plaza Shopping.

Consumidor procurou o atendimento da Fundação relatando ter sido abordado por segurança da loja com a orientação de que deveria deixar sua mochila no guarda-volumes da loja, sendo que outros consumidores circulavam portando mochilas ou bolsas. Acrescenta que foi seguido de forma ostensiva durante todo o tempo em que ficou na loja e ao indagar o funcionário ouviu: “se entrou com a mochila, boa coisa não vai fazer aqui dentro” e que tal situação causou grande constrangimento. Veja o depoimento do consumidor.

O Procon-SP solicita que a empresa envie as regras de conduta no interior das lojas e fotos que demonstrem a localização dos comunicados de forma clara e ostensiva. Deve esclarecer ainda quais os critérios de contratação dos serviços de segurança e qual a política interna de treinamento dos funcionários e prestadores de serviços quanto aos direitos e garantias dos consumidores.

A Política Nacional das Relações de Consumo tem por objetivo, entre outros, o respeito à dignidade do consumidor. Para o Procon-SP, não é admissível que uma empresa trate o cidadão de forma discriminatória, os fornecedores devem se responsabilizar por treinar suas equipes para um atendimento igualitário, respeitoso e livre de preconceitos.

A empresa tem 48 horas para responder.
 
Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação

Atenção consumidor

A sua reclamação é sobre alguma dessas empresas?

COMGÁS
SAMSUNG
VIA VAREJO (Casas Bahia, Extra.com.br, Ponto Frio)
VIVO