notícias & releases

Procon no combate à pirataria

Publicado em 15 de fevereiro de 2018
No último dia 7 de fevereiro, representantes da Fundação Procon participaram do Encontro Nacional “Balanças Falsificadas e suas consequências para a indústria nacional”, promovido pelo IPEM (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo.
 
Estima-se que mais de 100 mil unidades já tenham entrado no país prejudicando não apenas os fabricantes do setor, mas o próprio consumidor.  Essas balanças podem apresentar erros de pesagem maiores ou menores do que os permitidos, pois não foram objeto de aprovação de modelo, nem de verificação inicial ou periódica.
 
Para a identificação das balanças irregulares o INMETRO tem realizado inúmeras operações e já identificou algumas características mais comuns.  A maioria delas ostenta quatro botões “M” de memória, que aparentemente os fabricantes no Brasil não utilizam. Em geral, elas não possuem a placa de identificação na lateral da balança, onde deve constar: marca, modelo, ano de fabricação, carga máxima, carga mínima, divisão, tara, classe de exatidão, portaria do INMETRO a qual o equipamento se enquadra, tensão de entrada e consumo.
 
Se a balança possuir lacre do INMETRO ou de oficina credenciada este deve acompanhar um selo de verificação inicial ou de verificação subsequente, o que provará que o equipamento passou por aferição recentemente. Caso esteja tenha o lacre de alguma oficina, verifique se a mesma   está regular junto ao INMETRO.
 
Os diretores Paulo Miguel, Osmário Vasconcelos e o supervisor Bruno Stroebel representaram o Procon no evento.

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui