notícias & releases

<?php the_title( '

', '

' ); ?>

Procon-SP encontra diferença de preço de até 317% em materiais de pintura

Publicado em

Uma pesquisa de materiais de pintura na construção civil realizada pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo, realizada na capital de 13 a 15 de fevereiro, detectou diferença de preço de até 316,67% para um mesmo produto. É o caso das Lixas Madeira A-237 Folha 225×275 grãos 120 e 150, do fabricante Norton: ambas custavam R$ 2,50 em um estabelecimento e, R$ 0,60 em outro. O preço médio de cada lixa foi de R$ 1,07.

Do total dos itens divulgados, um estabelecimento da zona sul foi o que apresentou a maior quantidade de produtos com menor preço (38 itens).

Fizeram parte da coleta dez estabelecimentos comerciais das principais redes de varejo distribuídos pelas regiões norte, sul, leste e oeste da cidade de São Paulo, onde foram pesquisados 177 itens de diferentes fabricantes de tintas (acrílica, esmalte, látex PVA, spray), verniz, massa, resina, solvente/removedor, lixa, trincha (pincel) e rolo para pinturas.

Confira a pesquisa completa clicando aqui.

Especialistas do Procon-SP recomendam que o consumidor, antes de comprar, sempre faça uma lista dos itens que necessita e pesquise em sites e folhetos/anúncios publicitários de diferentes estabelecimentos. Ele deve ficar atento também a qualidade do produto e a forma de pagamento, optando, sempre que possível, pelo pagamento à vista.

É sempre importante guardar o cupom fiscal do caixa (ou o pedido entregue pela loja) para o caso de precisar trocar algum item, ou ainda, caso a entrega não seja feita na data acertada. O que for prometido na oferta de produtos deverá ser cumprido, do contrário, é direito do consumidor optar entre o cumprimento da oferta; a escolha de outro produto; ou o cancelamento do contrato e o reembolso dos valores pagos.

Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação