notícias & releases

<?php the_title( '

', '

' ); ?>

Material escolar apresenta diferença de preço de até 362,42%, revela pesquisa do Procon-SP

Publicado em

Pesquisa de preço de material escolar realizada pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, em parceria com o Procon Municipal de Jundiaí, detectou diferença de preço de 362,42% para um mesmo produto. Caso Caderno brochura 1/4, capa dura com 96 Folhas da Tilibra, que custa R$ 2,62 em um estabelecimento e R$ 9,99 em outro. Realizada entre os dias 6 e 10 de janeiro, ao todo foram pesquisados 131 itens em oito estabelecimentos na cidade de Jundiaí. Veja aqui a pesquisa completa.

O Procon-SP orienta que antes de ir às compras, é bom verificar quais dos produtos da lista de material o consumidor já possui em casa e, ainda, se estão em condição de uso. Promover a troca de livros didáticos entre alunos que cursam séries diferentes também garante economia e reaproveitamento de recursos.

Na lista de material, as escolas não podem exigir a aquisição de material de uso coletivo e higiene pessoal (materiais de escritório, de higiene ou limpeza, por exemplo), conforme determinação da Lei nº 12.886 de 26/11/2013. Veja mais dicas no site do Procon-SP.