notícias & releases

Pesquisa de Juros

Empréstimo pessoal apresentou redução de 0,01 p.p. em relação ao mês anterior

Publicado em 10 de julho de 2023

São Paulo, julho de 2023 – Pesquisa mensal do Procon-SP constatou que, no começo deste mês, a taxa média de juros cobradas para empréstimo pessoal pelos principais bancos comerciais do país apresentou redução de 0,01 p.p. em relação ao mês anterior, passando de 7,66% ao mês para 7,65% a.m.

Nesta modalidade de crédito, o único banco que apresentou alteração foi o Bradesco, que reduziu sua taxa de 9,74% a.m. para 9,69% a.m.; uma variação negativa de 0,51%. Os demais bancos mantiveram suas taxas inalteradas em relação a maio.

No cheque especial, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 7,96% ao mês – a mesma desde fevereiro de 2021.

Veja a pesquisa aqui.

O levantamento é realizado mensalmente pela Escola de Proteção e Defesa do Consumidor nas instituições financeiras Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander. Os dados, coletados no dia 03 de julho, referem-se às taxas máximas pré-fixadas para clientes (pessoa física) não preferenciais, independentemente do canal de contratação, sendo que para o cheque especial foi considerado o período de trinta dias e, para o empréstimo pessoal o prazo de contrato de doze meses.

Especialistas do Procon-SP recomendam que, mesmo com “estabilidade”, as taxas de juros ainda são elevadas e o consumidor deve continuar evitando a contratação de linhas de crédito sempre que puder. Caso não possa, deve verificar qual delas mais se ajusta às suas condições e necessidades, tentando optar por aquela que ofereça juros menores.

Assessoria de Imprensa | Procon-SP

imprensa@procon.sp.gov.br | (11) 3824-7277 / 7276 / 7168

Ricardo Muza | (11) 9 9963-1648 | ricardo.muza@procon.sp.gov.br

Sobre o Procon-SP

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon-SP é uma instituição jurídica de direito público com autonomia técnica, administrativa e financeira, cuja missão é equilibrar e harmonizar as relações entre consumidores e fornecedores, além de elaborar e executar a política de proteção e defesa dos consumidores no estado de S. Paulo. Atualmente, o Procon-SP possui mais de 500 servidores e especialistas das mais diversas áreas, incluindo sua equipe de fiscalização e oito unidades regionais, atua de forma conveniada em mais de 370 municípios paulistas, além de realizar atendimento presencial em algumas unidades do Poupatempo e Delegacias de Polícia na Capital. Em 2022, o Procon-SP recebeu mais de 740 mil reclamações, das quais em torno de 80% foram solucionadas por meio de ações de mediação que oferece aos consumidores. Também realiza de ações de orientações, cursos, palestras e pesquisas. Criada pela Lei nº 9.192, de 23/11/1995 e pelo Decreto nº 41.170 de 23/09/1996, a Fundação Procon-SP é vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo e todo seu atendimento é feito de forma gratuita para todos os cidadãos residentes no estado de São Paulo.