notícias & releases

Pesquisa Cesta Básica

Procon-SP revela queda de 0,44% na cesta mensal; já de outubro de 2020 para outubro deste ano, o levantamento aponta alta de 14,73%

Publicado em 18 de novembro de 2021

Levantamento mensal feito pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP em convênio com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revela queda de 0,44% no valor da cesta básica do paulistano. O preço médio que em 30 de setembro era R$ 1.094,80 passou para R$ 1.089,93 em 29 de outubro.

O grupo Limpeza apresentou variação positiva de 1,31%; Higiene Pessoal e Alimentação tiveram queda de, respectivamente 0,79% e 0,52%. A variação no ano é de 8,14% (base: dezembro/20)

Os produtos que mais subiram foram:

Batata (kg) 17,44%
Salsicha Avulsa (kg) 6,69%
Biscoito Maisena (pacote 200g) 6,32%
Café em Pó (500g) 4,66%
Açúcar Refinado (5 kg) 3,98%

E as maiores quedas foram:

Água Sanitária (litro) -5,96%
Cebola (kg) -5,82%
Carne de Segunda sem Osso (kg) -5,14%
Farinha de Mandioca Torrada (500g) -4,51%
Leite UHT (litro) -2,84%

Dos 39 produtos pesquisados, na variação mensal, 19 apresentaram alta e 20 diminuíram de preço.

Veja a pesquisa completa aqui.

Variação anual – outubro de 2020 a outubro de 2021

A pesquisa realizada regularmente pelo Procon-SP e Dieese aponta ainda que de outubro do ano passado – quando o preço da cesta era de R$ 949,98 – para outubro desse ano o aumento foi de 14,73%.

Procon-SP
Assessoria de Comunicação

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui