notícias & releases

Mão-de-obra escrava/infantil

Procon-SP quer saber qual a percepção do consumidor sobre essa prática

Publicado em 31 de julho de 2019
A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, disponibilizou em seu site um questionário contendo seis perguntas relacionadas ao uso de mão-de-obra escrava e/ou infantil no mercado de consumo. Considerando que, embora ilegal, essa é uma prática utilizada direta ou indiretamente por algumas empresas, o objetivo é identificar a percepção do consumidor com relação a essa questão.
 
A pesquisa quer detectar principalmente:
– se o consumidor considera útil saber quais empresas empregam esse tipo de mão-de-obra e se compraria produtos ou serviços das que utilizam;
– se conhece os canais para denúncia dessa prática ilegal.
 
A pesquisa é uma ação realizada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas da Escola Paulista de Defesa do Consumidor – EPDC do Procon-SP.
 
Acesse aqui a pesquisa.

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui