notícias & releases

Fechamento posto combustível

Equipes de fiscais do Procon-SP, Ipem-SP e Agência Nacional do Petróleo (ANP) fecharam nesta manhã posto de combustível

Publicado em 25 de abril de 2016

Após denúncia de um consumidor feita ao Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, a força tarefa com fiscais do Procon, ANP e IPEM estiveram nesta manhã (25/4) em um posto da Zona Sul, que já havia sido fechado outras três vezes devido a venda de combustível adulterado, com produtos cancerígenos, entre outras irregularidades. E, novamente a fiscalização constatou a venda de combustível adulterado, a gasolina tinha o triplo do etanol permitido e o etanol também apresentou adulteração. Amostras foram remetidas a laboratório para verificar o conteúdo que foi adicionado aos combustíveis. (veja aqui fotos da operação)

As bombas que foram trocadas após a última interdição tinham problemas e, também, foi constatada publicidade enganosa, já que utilizava de elementos de comunicação de bandeira sem autorização da marca. O posto localizado na Rua Santa Cruz, 2339 esquina com a Rua José Cocciuffo, teve bombas lacradas e será fechado pela quarta vez. Todas as bombas foram desmontadas em busca de dispositivos que permitissem adulteração de qualidade ou quantidade, mas nada foi localizado. Mesmo com cinco viaturas da Força Tarefa paradas nas bombas realizando análises, vários consumidores atraídos pela oferta dos combustíveis paravam para abastecer.

A força tarefa, unindo Procon-SP, Ipem-SP e ANP, continuará realizando operações durante o ano em todo o estado. Em 2015 foram 25 postos de combustíveis fechados por causa da venda de combustíveis adulterados.


Consumidor deve denunciar

O Procon-SP pede que os consumidores denunciem por meio dos nossos canais de atendimento e redes sociais os postos de combustíveis que vendem produtos vencidos, utilizam faixas com preços menores do que os cobrados na bomba de combustível ou qualquer outra infração do Código de Defesa do Consumidor (CDC). Basta indicar qual a irregularidade, o endereço do estabelecimento e, se possível, uma foto comprovando a fraude.

Facebook: proconsp (Fundação Procon-SP)

Twitter: @proconspoficial


Dicas para evitar a compra de combustível adulterado

– Procure abastecer em postos conhecidos;
– Peça sempre nota fiscal;
– Confira preço de faixas, totens, bomba e na nota fiscal;
– Verifique se o uniforme dos frentistas coincide com a comunicação visual e bandeira dos postos e placa com CNPJ;
– Fique atento a preços muito baixos e se o posto tem bandeira de uma distribuidora;
– Fique atento ao teste que existe na bomba de etanol, a boia deve se mover e manter-se na linha indicativa;
– A gasolina tem cheiro forte e cor bem característicos, se notar diferenças significativas pode haver adulteração, denuncie.


Fundação Procon-SP

Assessoria de Comunicação

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui