notícias & releases

Encontro de Núcleos Regionais

Publicado em 14 de dezembro de 2018
Apesar de toda a tecnologia disponível para encurtar distâncias e facilitar a comunicação, não há nada que substitua o encontro pessoal, o olho no olho. Expressões falam mais que palavras e dividir o mesmo espaço físico nos dá não só a sensação, mas a confirmação de pertencimento à organização.
 
Para a Fundação Procon SP, essa consciência é fundamental, especialmente diante das rápidas mudanças verificadas no mercado de consumo que exigem a padronização do atendimento, fiscalização e processamentos de todas as ações movidas em defesa do consumidor.
 
Nesse cenário, a direção da Fundação idealizou e organizou o evento, entre os dias 6 e 7 de dezembro, com o objetivo de eliminar possível lacunas de comunicação e demonstrar a importância dos Núcleos Regionais.  O diretor executivo, Paulo Miguel, comparou os especialistas da fundação a músicos de uma grande orquestra.  Os músicos e os instrumentos podem ser diferentes, mas devem atuar em harmonia para cumprir nossa missão, ressaltou.
 
O consultor Ricardo Morishita falou de sua passagem pelo Procon e dos novos tempos que exigirão a atualização dos especialistas e adaptação dada instituição. Falar de vulnerabilidade e hipossuficiência – segundo o consultor – já não basta. É preciso olhar para outras facetas do mercado de consumo: desenvolvimento, competitividade, qualidade e preço para defender o consumidor.
 
O idealizador dos Núcleos Regionais – Carlos Coscarelli – tratou dos objetivos e resultados obtidos pelos núcleos.  Em 2009, o objetivo era integrar e aproximar a Fundação Procon das prefeituras e garantir o atendimento ao consumidor.
 
A procuradora Bernadete Pitton falou do aprendizado que a atuação no Procon proporcionou, destacando que a história da instituição também é sua e as vitórias da PGE também devem ser creditadas ao trabalho preciso dos núcleos regionais.
 
Marcelo Sodré – ex-diretor do Procon SP –  resumiu a história do Procon e do Código do Consumidor a partir da própria dificuldade de datar o nascimento da sociedade de consumo e da individualização do consumo no século XX.
 
Além de palestras técnicas sobre processos decisórios e procedimentos fiscalizatórios, superendividamento e monitoramento de demandas, especialistas do Procon também falara sobre resiliência e superação no mundo do trabalho.
 
Daniela Selingardi – do Instituto Brasileiro de Educação em Gestão Pública – IBEGESP falou dos desafios e oportunidade proporcionados pela comunicação que passa pela necessidade de informação; de espaço para apresentação de dúvidas, sugestões e feedback.
 
Durante o encontro foram realizadas dinâmicas motivacionais com foco na qualidade de vida, autoconhecimento e planejamento do futuro. A psicóloga Vera Muller Fischer ensinou técnicas para relaxar e “acordar o corpo”. No ritmo de “Despacito”, a psicóloga agitou a plateia permitindo que muitos revelassem não só o jogo de cintura, mas uma porção de sangue latino, muito ziriguidum, borogodó, balocobaco (como dizia o falecido Sargentelli).
 
Ao final do Encontro a equipe da Atar, realizadora do encontro – Célia, Raposo e Gabriela – receberam homenagens dos funcionários dos Núcleos Regionais.

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui