notícias & releases

<?php the_title( '

', '

' ); ?>

Pesquisa do Procon-SP revela leve queda na taxa média de juros do cheque especial

Publicado em

Pesquisa de taxas de juros realizada pelo Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, em 3 de novembro, aponta que, das sete instituições financeiras que fazem parte da amostra, quatro elevaram suas taxas, uma do cheque especial e três do empréstimo pessoal. A única redução detectada foi na taxa do cheque especial da Caixa Econômica Federal.

Cheque Especial – a taxa média dos bancos pesquisados foi de 12,24% a.m., inferior à do mês anterior que foi de 12,28% a.m., representando uma redução de 0,04 ponto percentual.

A única alta verificada foi no Banco Santander, que alterou de 14,84% para 14,95% a.m., o que significa uma variação positiva de 0,74% em relação à taxa de outubro. E, a única redução foi a promovida pela Caixa Econômica Federal, que alterou de 11,38% para 10,98% a.m., o que significa uma variação negativa de 3,51% em relação à taxa do mês anterior.

Empréstimo Pessoal – a taxa média dos bancos pesquisados foi de 6,39% a.m., superior à do mês anterior que foi de 6,27% a.m., representando um acréscimo de 0,12 ponto percentual.

A maior alta verificada nesta linha de crédito foi no Banco Santander que alterou de 7,99% para 8,49% a.m., o que significa uma variação positiva de 6,26% em relação à taxa de outubro. As outras altas foram encontradas na Caixa Econômica Federal que registrou variação positiva de 4,17 % em relação ao mês anterior e, Banco Itaú, 2,72%.

Os demais bancos mantiveram suas taxas.

Confira a pesquisa completa aqui.

Apesar da leve queda da taxa média do cheque especial, as taxas continuam altas. Desta forma, antes de ceder aos apelos de consumo que já começam a surgir com as ofertas que antecedem o Natal, o Procon-SP orienta que o consumidor analise as diversas alternativas de crédito, priorizando a liquidação de suas dívidas. Neste momento, o empréstimo só é recomendável se for para quitar outros empréstimos/financiamentos cujas taxas sejam maiores.

Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação