notícias & releases

<?php the_title( '

', '

' ); ?>

Publicado em
Educação, turismo, saúde e administração foram alguns dos temas incluídos na programação do XI Congresso de Municípios do Noroeste Paulista que a Associação de Municípios da Araraquarense (AMA) realiza nessa semana, de 30 de agosto a 1º de setembro, em Cedral.
 
João Marcelo Fiorese Gonçalves – diretor de Relações Institucionais – representou a Fundação Procon – SP. Segundo ele, duas questões afligem os prefeitos: o repasse de recursos do ISS que vem sendo adiado e o parcelamento do INSS. No primeiro caso, a administração fica comprometida porque o imposto tem um peso importante no orçamento dos municípios. Quanto as dívidas com o INSS, Fiorese explica que, sem o parcelamento, os municípios ficam impedidos de realizar convênios e ter acesso a outros recursos que pudessem beneficiá-los por falto do “certificado de regularidade”.
 
No painel que tratou de Administração Pública na Administração falaram o secretário de Justiça e Defesa da Cidadania, Márcio Elias Rosa, e o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Sidney Beraldo.
 
Para a Fundação Procon o congresso é uma oportunidade para encontrar os representantes das cidades com quais já mantém convênios e divulgar o trabalho que realiza juntos aos prefeitos que tomaram posse nesse ano. Vereadores de Ipiguá e Santa Adélia demonstraram interesse nessa parceria.