notícias & releases

Cesta básica de janeiro tem alta de 0,78%

Pesquisa do Procon-SP aponta que o grupo Limpeza foi o que mais pesou para a alta no período

Publicado em 15 de fevereiro de 2021

Levantamento mensal feito pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP em convênio com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revela alta de 0,78% no valor da cesta básica do paulistano. O preço médio que em 30 de dezembro era R$ 1.007,89 passou para R$ 1.015,76 em 29 de janeiro.

 

O grupo de Limpeza foi o que apresentou maior variação, 2,02%. Alimentação registrou alta de 1,14% e Higiene Pessoal, queda de 4,13%. A variação no ano foi de 0,78% (base: dezembro/2010).

 

No mês de janeiro, os produtos que mais subiram foram:

Cebola (kg): 17,91%

Sabão em barra (unidade): 11,86%

Presunto fatiado (kg): 10,71%

Batata (kg): 8,53%

Açúcar refinado (5 kg): 6,88%

 

As maiores quedas foram:

Papel higiênico fino branco (com 4 unidades): -14,79%

Água sanitária (litro): -2,76%

Queijo muçarela fatiado (kg): -1,88%

Óleo de soja (900 ml): 1,39%

Pão francês (kg): -1,16%

 

Dos 39 produtos pesquisados, na variação mensal, 26 apresentaram alta, 12 diminuíram de preço e um permaneceu estável.

Veja a pesquisa completa https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2021/02/CB-JANEIRO-2021.pdf

Procon-SP

Assessoria de Comunicação

Atenção Consumidor

Novos Atendimentos:
– Para cadastrar novas Consultas ou Reclamações, clique aqui.

Acompanhar Atendimentos:
– Para acompanhar Atendimentos dos Fornecedores Comgás, Samsung, Via Varejo e Vivo cadastrados a partir de 03.05.2021, clique aqui
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados até 03.07.2021, clique aqui.
– Para acompanhar Atendimentos cadastrados a partir de 04.07.2021, clique aqui