notícias & releases

Cesta básica: alta de 0,18%

Dos produtos pesquisados, carne foi o que mais contribuiu para a alta

Publicado em 9 de novembro de 2017
O valor da cesta básica no município de São Paulo registrou alta de 0,18%, no período de 3 a 9 de novembro, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, em convênio com o Dieese. O preço médio, que no dia 1 de novembro era R$ 651,32 passou para R$ 652,47 no dia 9 de novembro.
 
Veja aqui a pesquisa completa.
 
Por grupo, foram constatadas as seguintes variações:

Alimentação = 0,30%
Limpeza = -0,65%
Higiene Pessoal = -0,53%
 
A variação no mês de novembro/2017 ficou em -0,14% (base 31/10/17).
 
No período de 3/11/17 a 9/11/17, os produtos que mais subiram foram:
 
Carne de segunda sem osso (kg)
5,34%
Biscoito recheado (pacote 130/150g)
5,04%
Cebola (kg)
4,88%
Biscoito Maisena (pacote 200g)
4,21%
Limpador multiuso (500 ml)
2,49%
 
As maiores quedas foram:
 
Ovos brancos (dúzia)
-4,39%
Água sanitária (litro)
-2,45%
Farinha de trigo (kg)
-2,16%
Alho (kg)
-1,76%
Sabão em pó (kg)
-1,71%
 
Dos 39 produtos pesquisados, na variação semanal, 22 tiveram queda de preço, 15 apresentaram alta e dois permaneceram estáveis. Os produtos que mais contribuíram para a alta no período, em pontos percentuais, foram nesta ordem:
 
Carne de segunda sem osso (kg)
0,41
Frango resfriado inteiro (kg)
0,14
Leite UHT (litro)
0,12
Biscoito Maisena (pacote 200g)
0,05
Biscoito recheado (pacote 130/150g)
0,04
 
Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação

Atenção consumidor

A sua reclamação é sobre alguma dessas empresas?

COMGÁS
SAMSUNG
VIA VAREJO (Casas Bahia, Extra.com.br, Ponto Frio)
VIVO