Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Fundação PROCON SP

Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

Enviar por email Imprimir notícia


O Consumidor e seu dinheiro

31/5/2007

Consumidores têm dificuldades para entender o extrato bancário, revela pesquisa do Procon-SP.

Pesquisa da Fundação Procon-SP revela que a maior parte dos consumidores tem dificuldade para entender os lançamentos de extratos bancários (66,58%). O dado faz parte do levantamento realizado pela entidade, por intermédio do site, entre os dias 24/04 e 08/05. O questionário, composto por dez questões de múltipla escolha, foi respondido por 377 internautas. Destes, 74,80% possuem cheque especial, 82,76% possuem cartão de crédito e 90,19% já compraram algum produto financiado. Não houve segmentação por sexo, faixa etária, escolaridade ou classe social.
 
Dentre os consumidores que responderam o questionário, 51,99% informaram que sempre planejam e controlam seu orçamento doméstico, 44,56% afirmaram que sempre reservam dinheiro para as despesas do início do ano e 48,01% disseram que sempre conferem as tarifas individuais ou pacotes cobrados pelo banco. No entanto, é significativa a participação dos que nunca reservam dinheiro para o início do ano (23,34%) e dos que nunca conferem as tarifas (20,95%).
 
Sobre o rotativo do cartão de crédito, a maioria (58,01%) respondeu que nunca o utiliza. Por outro lado, 25,64% admitem que às vezes o fazem e 16,35% que sempre. No caso do cheque especial, as respostas se dividiram. Embora a maior parcela (35,46%) tenha respondido que nunca usa o limite como complemento dos seus rendimentos, sua representatividade ficou muito próxima dos que utilizam às vezes (33,33%) e sempre (31,21%).
 
Veja a Pesquisa Completa
31/05/07
Assessoria de Imprensa/Procon-SP
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania
 


 
Para orientações e denúncias ligue para 151. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 8h às 17h.
Fundação Procon - SP - Todos os direitos reservados