Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Fundação PROCON SP

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

Enviar por email Imprimir notícia


Pesquisa de juros

8/1/2014

Levantamento do Procon-SP revela estabilidade nas taxas

Na pesquisa de taxas de juros realizada em 2013 pela Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, constatou-se que o movimento das taxas médias, tanto do empréstimo pessoal quanto do cheque especial, foi de estabilidade, ao contrário do que ocorreu em 2012. Veja aqui a pesquisa completa.
 
Até o mês de julho os movimentos foram parecidos, com altas pouco expressivas, sendo que a partir do mês de outubro o cheque especial apresentou maior tendência de alta, se comparado ao empréstimo pessoal. O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.
 
Empréstimo Pessoal
 
O banco que apresentou a maior taxa média anual de empréstimo pessoal foi o Bradesco, com 6,22% a.m.; a menor taxa média foi praticada pela Caixa Econômica Federal, com 3,60% a.m.; uma diferença de 2,62 pontos percentuais, que representa uma variação de 72,78%. De acordo com análise comparativa das taxas de juros praticadas em 2013, observou-se que a taxa média do empréstimo pessoal foi de 5,27% ao mês, indicando um decréscimo de 0,27 ponto percentual em relação à taxa média de 2012, que era de 5,54% ao mês. O ano iniciou com uma taxa média, entre os bancos pesquisados, de 5,35% e finalizou com uma taxa de 5,30% ao mês, registrando variação negativa de 0,93%.
 
Cheque Especial
 
O ano iniciou com uma taxa média, entre os bancos pesquisados, de 7,92% e finalizou com uma taxa de 8,33% ao mês, registrando variação positiva de 5,18%. O banco que apresentou a maior taxa média anual de cheque especial foi o Santander, com 10,09% a.m.; a menor taxa foi praticada pela Caixa Econômica Federal, com 4,32% a.m.; uma diferença de 5,77 pontos percentuais, que representa uma variação de 133,56%.
 
7/1/2014
Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação


 
Para orientações e denúncias ligue para 151. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 8h às 17h.
Fundação Procon - SP - Todos os direitos reservados