Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Fundação PROCON SP

Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

Enviar por email Imprimir notícia


Ação contra a pirataria

7/10/2013

Nos dias 8 e 9 (terça e quarta-feira) de outubro, a Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, e diversos Procons municipais conveniados promoverão a Ação Estadual de Conscientização contra a Pirataria, que tem por objetivo a entrega de material educativo, elaborado em conjunto com o Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP), e demais esclarecimentos sobre o tema à população, a fim de conscientizá-la sobre os males que os produtos ilegais causam ao consumidor e à sociedade. No total, 66 municípios participarão do ato, o que corresponde a cerca de 25% da população do Estado.
 
Na Capital, a ação irá ocorrer nas estações do Metrô São Bento, Sé e República, conhecidas pela proximidade às áreas de comércio popular e que contam com o fluxo diário de 330 mil passageiros. A distribuição do material e orientação acontecerá das 9h às 17 horas nas estações.
 
“Trata-se de ação de extrema importância para a população paulista, pois o consumo de produtos ilegais pode trazer graves riscos à saúde e segurança dos consumidores, além de sérios prejuízos à sociedade”, destacou Paulo Arthur Góes, Diretor Executivo da Fundação Procon-SP.
 
Clique aqui para conhecer o material que será distribuído aos consumidores.
 
Participarão da ação os Procons Municipais conveniados de: Adamantina, Aguaí, Altinópolis, Araçatuba, Araras, Barretos, Bauru, Caieiras, Cajuru, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cândido Mota, Caraguatatuba, Catanduva, Cordeirópolis, Cotia, Descalvado, Diadema, Dumont, Euclides da Cunha Paulista, Franca, Guariba, Ilha Solteira, Iracemápolis, Itapevi, Itapira, Ituverava, Jaguariúna, Limeira, Lins, Luiz Antônio, Marília, Mauá, Miguelópolis, Mirassol, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Morro Agudo, Ourinhos, Parapuã, Piracicaba, Pirassununga, Poá, Pompéia, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Registro, Rio Grande da Serra, Santa Bárbara D' Oeste, Santa Gertrudes, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo, Santo André, Santo Antônio de Posse, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José dos Campos, São Sebastião, São Simão, Socorro, Sorocaba, Suzano, Tapiratiba, Vinhedo, Votorantim, Lorena e Votuporanga.
 
O consumidor que tiver dúvidas ou quiser fazer uma reclamação, pode procurar o Procon de sua cidade ou um dos canais de atendimento da Fundação:
 
Orientações: 151 (Só para a capital).
 
Pessoalmente: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Sábados, das 7h às 13h, nos postos dos Poupatempo, sujeito a agendamento e distribuição de senha. Telefone: 0800-772-3633.
 
Sé - Praça do Carmo, S/N, Centro.
 
Santo Amaro - Rua Amador Bueno, 176/258 - São Paulo - SP (próximo ao Largo Treze de Maio).
 
Itaquera - Av. do Contorno, S/N, Itaquera (ao lado do metrô).
 
Nos postos dos Centros de Integração da Cidadania (CIC) Norte, Leste, Oeste, São Luiz e Feitiço da Vila, de segunda a quinta-feira, das 9h às 15h. No CIC Imigrantes o atendimento é às quartas-feiras, das 9h às 15h.
 
Fax: (11) 3824-0717.
 
Cartas: Caixa Postal 1151, CEP 01031-970, São Paulo-SP.
 
Atendimento eletrônico: No caso problemas com compras feitas pela internet, a reclamação pode ser registrada diretamente no site do Procon-SP pelo endereço: http://www.procon.sp.gov.br/atendimento_texto.asp . O endereço eletrônico também está aberto para orientação sobre qualquer outro problema de consumo.
 
Na Grande São Paulo e interior, o consumidor pode procurar o órgão municipal.
 
Informações sobre o trabalho do Procon-SP no site: www.procon.sp.gov.br
 
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/proconsp
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/@proconspoficial
Dicas e orientações sobre defesa do consumidor no blog http://educaproconsp.blogspot.com.br
 
7/10/2013
 
Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação


 
Para orientações e denúncias ligue para 151. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 8h às 17h.
Fundação Procon - SP - Todos os direitos reservados