Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Fundação PROCON SP

Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

Enviar por email Imprimir notícia


Superendividamento

5/11/2012

   
Em um mês, triagem do Procon-SP detecta 36% de superendividados


Após 30 dias de sua reinauguração, o Programa de Apoio ao Superendividado (PAS) do Procon-SP computou a passagem de 447 pessoas pela triagem, primeiro passo para participar do programa. Destes, 163 (36%), 83 homens e 80 mulheres se enquadraram no perfil de superendividado.
 
O s principais problemas relatados pelos interessados que procuraram o programa estão ligados a retenção de salário para cobrir empréstimos com débito automático na conta corrente, ao aumento do limite de crédito no cheque especial, de forma unilateral, na medida em que a conta fica negativada, utilizando o limite para cobrir empréstimos, onerando ainda mais suas contas e a venda casada de seguros para concessão de empréstimo.

De acordo com especialistas em defesa do consumidor que fazem o atendimento destes caos, os contratos que mais superendividam o consumidor são o crédito consignado, cartão de crédito e cheque especial .

Projeto   piloto

O PAS é a versão permanente do projeto piloto realizado no ano passado pelo Procon-SP, no qual participaram 288 consumidores em situação de superendividameto. Em seis meses houve orientação financeira, palestras e audiência com credores para renegociação das dívidas. Veja   aqui   mais informações sobre o PAS.

Segundo dados do trabalho, a faixa etária mais endividada está entre os 41 a 50 anos, com média de 4,6 contratos e 42,71% tem a faixa de renda de até R$ 1 mil. Das 966 audiências 31% dos credores e 4% dos devedores se ausentaram. Dos acordos que deram certo, 79% geraram dívidas parceladas e 19% foram quitadas à vista. Veja   aqui   o resultado do projeto na íntegra.
 
O consumidor que tiver dúvidas ou quiser fazer uma reclamação, pode procurar o Procon de sua cidade ou um dos canais de atendimento da Fundação:

Orientações: 151 (Só para a capital)

Pessoalmente: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Sábados, das 7h às 13h, nos postos dos Poupatempo, sujeito a agendamento e distribuição de senha. Telefone: 0800-772-3633.

- Praça do Carmo, S/N, Centro.

Santo Amaro - Rua Amador Bueno, 176/258 - São Paulo - SP (próximo ao Largo Treze de Maio).

Itaquera - Av. do Contorno, S/N, Itaquera (ao lado do metrô).

Nos postos dos Centros de Integração da Cidadania (CIC) Norte, Leste, Oeste, São Luiz e Feitiço da Vila , de segunda à quinta-feira, das 9h às 15h. No CIC Imigrantes o atendimento é às segundas, das 9h às 15h.

Por fax: (11) 3824-0717.

Por cartas: Caixa Postal 1151, CEP 01031-970, São Paulo-SP.

Na Grande São Paulo e interior, o consumidor pode procurar o órgão municipal.

Informações sobre o trabalho do Procon-SP no site: www.procon.sp.gov.br

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/proconsp .
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/@proconspoficial.
Dicas e orientações sobre defesa do consumidor no blog http://educaproconsp.blogspot.com.

5/11 /2012

Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação


 
Para orientações e denúncias ligue para 151. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 8h às 17h.
Fundação Procon - SP - Todos os direitos reservados