Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Fundação PROCON SP

Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

Enviar por email Imprimir notícia


Suspensão telefonia móvel

18/7/2012

     
"Situações como a que estamos vivendo exigem medidas mais severas. Essa é a missão da agência reguladora".

A opinião é de Paulo Arthur Góes, diretor executivo da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, sobre o anúncio da suspensão das vendas das operadoras de telefonia móvel TIM, OI e Claro, determinada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), nesta quarta-feira (18/7).

"Trata-se de medida de fundamental importância para o consumidor, que viu o veloz crescimento desse mercado, que não foi acompanhado da melhoria da prestação do serviço. O papel da agência reguladora é assegurar infraestrutura eficiente nas telecomunicações, para que o setor seja capaz de oferecer serviços adequados sem falhas", afirma Paulo Arthur.

Para o diretor executivo, a expectativa é de que a qualidade do serviço para o consumidor melhore, pois só com isso as empresas poderão voltar a atuar normalmente.

No primeiro semestre de 2012, o Procon-SP recebeu 12.215 queixas sobre telefonia móvel, maior que o atendimento registrado no mesmo período do ano passado que foi de 9.402 queixas.

De 1º de janeiro a 14 de junho deste ano, este era o ranking das empresas do setor que mais geraram demandas ao órgão estadual de defesa do consumidor:

Empresas mais reclamadas
Número de queixas
CLARO
1.984
TIM
1.385
OI
996
VIVO
842
NEXTEL
506


Em pouco mais de um ano e meio o Procon-SP autuou empresas do setor em mais de R$ 37 mi. Segundo Paulo Arthur Góes, dentre outros problemas as empresas foram penalizadas por não oferecer um serviço adequado no seu Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC)l. "O consumidor traz a queixa até aqui depois de anotar vários números de protocolo, sem conseguir resolver seu problema", explica.  

Operadora
Valor da multa / R$
TIM
11.496.222,22
Vivo
9.651.746,66
Claro
7.941.455,42
Nextel
4.245.533,34
OI
3.721.973,34

 
Plano de Metas

Empresas de telefonia móvel foram convocadas para apresentar um "Plano de Metas" ao Procon-SP, com o objetivo de reduzir o número de queixas do consumidor, além de aumento de solução dos casos já registrados no órgão.

A TIM, sobre a qual foram registradas 2.691 reclamações se comprometeu em reduzir em 1% e solucionar 75% dos casos contra os 74% que consegue resolver hoje. A proposta da OI, que teve 2.448 queixas, é reduzir esse número em 2% e alcançar solução de 75% dos casos registrados pelos consumidores, contra os atuais 72% casos resolvidos.

A Claro, por sua vez não apresentou planos para diminuir as reclamações, mas garante que solucionará 84% dos casos. Hoje 83% são resolvidos quando intermediados pelo Procon-SP

Veja aqui o plano de metas na íntegra

O consumidor que tiver dúvidas ou quiser fazer uma reclamação, pode procurar o Procon de sua cidade ou um dos canais de atendimento da Fundação:

Orientações: 151 (Só para a capital)

Pessoalmente: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Sábados, das 7h às 13h, nos postos dos Poupatempo, sujeito a agendamento no local. Telefone: 0800-772-3633.

- Praça do Carmo, S/N, Centro.

Santo Amaro - Rua Amador Bueno, 176/258 - São Paulo - SP (próximo ao Largo Treze de Maio).

Itaquera - Av. do Contorno, S/N, Itaquera (ao lado do metrô).

Nos postos dos Centros de Integração da Cidadania (CIC) Norte, Leste, Oeste, São Luiz e Feitiço da Vila , de segunda à quinta-feira, das 9h às 15h. No CIC Imigrantes o atendimento é às segundas, das 9h às 15h.

Por fax: (11) 3824-0717.

Por cartas : Caixa Postal 1151, CEP 01031-970, São Paulo-SP.

Na Grande São Paulo e interior , o consumidor pode procurar o órgão municipal.

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/proconsp.
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/@proconspoficial .
Dicas e orientações sobre defesa do consumidor no blog http://educaproconsp.blogspot.com .

18/7/2012

Fundação Procon-SP
Assessoria de Comunicação


 
Para orientações e denúncias ligue para 151. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 8h às 17h.
Fundação Procon - SP - Todos os direitos reservados