Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Fundação PROCON SP

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

Enviar por email Imprimir notícia


Novo diretor toma posse

3/2/2011

Tomou posse nesta quarta-feira, dia 2 de fevereiro, o novo diretor-executivo da Fundação Procon-SP, Paulo Arthur Lencioni Góes. Nomeado pelo Governador do Estado Geraldo Alckmin, Góes é graduado em direito pela Universidade Paulista (UNIP) e servidor do Procon-SP desde janeiro de 1992. 
 
A Secretaria da Justiça, Eloisa de Sousa Arruda, defendeu a escolha do diretor-executivo em função de seu currículo e de sua história, destacando a importância do novo dirigente ser parte do corpo funcional da fundação.
 
Paulo Góes prometeu empenho e dedicação integral para cumprir a missão de defender o consumidor paulista. “Para defender o consumidor é preciso arregaçar as mangas e colocar em prática a teoria”, destacou Góes.
 
Na solenidade, que aconteceu na Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, estiveram presentes autoridades dos poderes executivo, legislativo e judiciário, representantes de entidades de defesa do consumidor e de fornecedores, funcionários do Procon-SP, ex-dirigentes e ex-funcionários da Fundação Procon-SP, representantes de Procons municipais e participantes da sociedade civil.
 
O novo diretor destaca a implementação de esforços na área de educação para o consumo, no atendimento ao consumidor e tratamento coletivo das demandas. Ressalta também um reforço no fortalecimento do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor, na atividade de fiscalização, na articulação com órgãos e entidades que promovem a defesa do consumidor, na interlocução com agências e órgãos reguladores para assegurar a efetiva participação da defesa do consumidor no processo regulatório. 
 
Paulo Góes iniciou as suas atividades como auxiliar de escritório na então Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor e a partir da criação da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor, em 1997, foi admitido por meio de concurso público como técnico de proteção e defesa do consumidor. 
 
Assumiu diversos cargos no decorrer desses 19 anos, dentre eles, o de assistente técnico da Diretoria de Atendimento e Orientação ao Consumidor em 2004 e o de assessor-chefe da Diretoria Executiva, entre os anos de 2005 e 2006. Posteriormente, assumiu interinamente o cargo de diretor-executivo nos meses de abril e maio. Após esse período, assumiu a Diretoria de Fiscalização do órgão, cargo este ocupado até a presente nomeação.
 
Membro suplente no Conselho Nacional de Saúde da Agência Nacional de Saúde - ANS: 2004/2005; Membro suplente, representando o Estado de São Paulo, na Comissão Permanente de Consumidores do Instituto Nacional de Metrologia - INMETRO: 2007/2008; Membro titular do Conselho Consultivo do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo - IPEM/SP: 2009-atual; Membro titular do Conselho de Orientação e Energia da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo – ARSESP: 2009-atual.
 
Sobre o Procon-SP
O Procon-SP foi criado em 1976 com o objetivo de defender os direitos do cidadão enquanto consumidor. A Lei Estadual nº 9.192/95 e o Decreto nº41.170/96 criaram a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor, Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, que tem personalidade jurídica de direito público, com autonomia técnica, administrativa e financeira.
 
A instituição responde pelo planejamento, coordenação e execução da Política Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor visando promover o equilíbrio e harmonização das relações de consumo e a melhoria da qualidade de vida da população, contribuindo assim para o exercício da cidadania. Além de ser pioneiro no setor de defesa pública do consumidor brasileiro, foi também um dos principais articuladores para a criação do Código de Defesa do Consumidor (CDC), editado em 11 de setembro de 1990.
 
 
02/02/2011
Assessoria de imprensa
Procon-SP


 
Para orientações e denúncias ligue para 151. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 8h às 17h.
Fundação Procon - SP - Todos os direitos reservados