Seu navegador não suporta scripts. Por favor, acesse este site utilizando outro navegador de sua preferência.

Fundação PROCON SP


Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo

Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor

SEXTA-FEIRA, 24 DE OUTUBRO DE 2014

Compartilhar:

 
 
  Enviar por email Imprimir notícia


Procon-SP retorna ao Sindec

5 de FEVEREIRO de 2009

Órgão volta a integrar o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor

A Fundação Procon-SP retorna hoje (05/02) ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) órgão da Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça (MJ). O Sindec é um banco de dados que disponibiliza informações sobre problemas de consumo registrados nos Procons.
 
O retorno do Procon-SP ao Sindec trará grande benefício aos consumidores que, a partir da próxima terça-feira (10/02), terão acesso a informações das demandas de consumo registradas, como também aos Cadastros Estaduais e Nacional de Reclamações Fundamentadas contra fornecedores de 24 Estados, o Distrito Federal e agora São Paulo. Só no ano de 2008, a Fundação Procon-SP prestou mais de 520 mil atendimentos, enquanto os demais Estados somaram 800 mil (65%). Por suas características e mapeamento das relações de consumo em todas as regiões do país, o software é também uma ferramenta robusta para a formulação de políticas públicas de defesa dos consumidores.
 
O Estado de São Paulo serviu de piloto para introdução do sistema, em 2004, quando o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor celebrou convênio para uso e desenvolvimento do software (SIGA) utilizado pelo Procon-SP. Os dados do Sindec são compostos por dúvidas, orientações e reclamações registradas pelos consumidores aos Procons estaduais e municipais. Os dados do Procon-SP que estarão disponíveis  são aqueles registrados a partir de 05/02/09.
 
Além dos dados disponíveis no Sindec, a Fundação Procon-SP manterá a divulgação de seus números para o Estado, incluindo o ranking das empresas mais reclamadas.
 
O consumidor pode consultar o Sindec por meio do www.mj.gov.br/sindec. Os postos de atendimento pessoal da Fundação Procon-SP estão localizados dentro do postos Poupatempo Sé, Santo Amaro e Itaquera. Reclamações por fax devem ser encaminhadas ao telefone (11) 3824-0717 ou para a Caixa Postal 3050, CEP 01061-970, São Paulo/SP. O telefone 151 funciona para esclarecimento de dúvidas e para informar se o fornecedor possui reclamação no Procon-SP. Para consultar o cadastro de fornecedores com reclamações no órgão também é possível consultar o site www.procon.sp.gov.br.

05/02/09
Assessoria de Imprensa
Procon-SP


 

Fundação PROCON SP - Todos os direitos reservados